Deliberação - Normas Alunos

Normas do Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Translacional (PPG-CT)

Objetivos do Programa

O Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Translacional UNIFESP tem por objetivo a formação de pesquisadores com profundos conhecimentos na área. Por ser um programa multidisciplinar, a formação no Programa abrange conhecimentos em Cirurgia Plástica, Enfermagem, Psicologia, Fisioterapia, Biologia Celular e Molecular, Nutrição, Odontologia e Gestão. Os alunos poderão ingressar no programa em nível de Mestrado, e aos que já possuem o Mestrado, ingressam no nível de Doutorado, se apresentar todos os pré-requisitos.

A matrícula ao Programa é do tipo fluxo contínuo no ano, sendo que os alunos devem inicialmente ser aceitos por um orientador credenciado no programa, projeto que se encaixe numa das linhas de Pesquisa do Programa, desenvolver um projeto de pesquisa junto à esse orientador, ter o projeto aprovado no CEP UNIFESP e obter resultados parciais para ter condições básicas para a matrícula. Os alunos externos devem entrar em contato com a secretária do Programa ou com orientador credenciado no programa para obterem informações e melhor direcionamento dos procedimentos necessários e das atividades.

Não há número pré-fixado de vagas para matrícula. Entretanto, será obedecido o limite máximo de alunos por orientador credenciado no programa, segundo parâmetros da CAPES, visando o bom desenvolvimento das atividades de todos.

 

Requisitos para a matrícula

Segue relação dos REQUISITOS PARA AVALIAÇÃO DE PROJETO DE PESQUISA PARA POSSIBILIDADE DE MATRÍCULA:

É necessário que todos documentos sejam encaminhados por email à Coordenação do Programa de PG em Cirurgia Translacional - ppg.plastica@unifesp.br.

Mestrado:

  • Projeto detalhado e de acordo com a formatação de “Orientação Normativa para Elaboração de Teses”.**

  • Carta assinada dos orientadores solicitando e justificando a matricula na PG;

  • Aprovação do Projeto pelo Comitê de Ética em Pesquisa (humanos) ou CEUA (animais) da UNIFESP;

  • Resultados parciais do projeto em andamento (mínimo de 40% do total)

  • Descrição detalhada do Estágio Docente (Programa, data, local, convidados e orçamento) a ser elaborado sobre o tema do projeto, com foco em atrair alunos de IC e do senso strictu (mínimo de 100 participantes como público alvo);

  • Cópia de um artigo publicado ou aceite de artigo ou 2 apresentações de Tema Livre ou 1 capítulo de livro ou 1 publicação em anais de evento (desejável mas não obrigatório)

  • Currículo Lattes (atualizado);

Doutorado:

  • Carta assinada dos orientadores solicitando e justificando a matricula na PG;

  • Projeto de Pesquisa (que deverá se enquadrar em uma das linhas de pesquisa do Programa) com tema original;

  • Aprovação do Projeto pelo Comitê de Ética em Pesquisa (humanos) ou CEUA (animais) da UNIFESP;

  • Resultados parciais do projeto em andamento (mínimo de 20% do total)

  • Descrição detalhada do Estágio Docente (Programa, data, local, convidados e orçamento) a ser elaborado sobre o tema do projeto, com foco em atrair alunos de IC e do senso strictu;

  • Mestrado aceito para publicação ou publicado em periódico Qualis ≥ B2;

  • Relatório detalhado do Estágio Docente realizado no Mestrado;

  • Currículo Lattes (atualizado);

  • Estar em dia com as obrigações do PPG que realizou o Mestrado.


Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Translacional - UNIFESP

Rua Botucatu, 740 – 2o andar - Vila Clementino, CEP:04023-062 - SP/SP

Maiores informações pelo e-mail: ppg.plastica@unifesp.br ou telefone: (11) 5576.4848 - Ramal: 3054.

 

Matrícula

Sendo aprovada a inscrição pela CEPG, os alunos deverão realizar a matrícula na Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa da UNIFESP. Os documentos necessários para a matrícula:

1. Ficha de inscrição preenchida e assinada pelo aluno na pré matricula liberada pela secretaria, orientador e coordenador do PPG-CT, com identificação – nome completo.

2. Cópia do diploma de Graduação

3. Histórico Escolar da Graduação

4. Certidão de nascimento ou casamento

5. Cópia do CPF e RG, Título de Eleitor e Certificado Militar

6. Cópia das folhas iniciais do currículo (identificação e escolaridade)

7. 2 fotos 3x4 coloridas e recentes

8. Certificado de aprovação pela CEPG (exame de ingresso, projeto e entrevista nos casos pertinentes)

A matrícula obedece a fluxo contínuo de entrada no programa após a rigorosa seleção. Após a matrícula, o aluno obterá um crachá de identificação emitido pela Pró-Reitoria de Pós- Graduação e Pesquisa da UNIFESP. O mesmo deverá ser devolvido após o término do Programa ou quando houver cancelamento e/ou desligamento da Pós-Graduação.

 

Prazos

O prazo máximo para o nível de Mestrado é estabelecido pela PG em 24 meses, mas no PPG-CT é recomendado o cumprimento de 18 meses. Em circunstâncias muito especiais e a critério da CEPG/CPG, o aluno poderá obter prorrogação de até 6 meses. Caso o aluno não obtenha a titulação nesse período, sua matrícula será automaticamente cancelada

Para o nível de Doutorado, o prazo máximo é de 48 meses, sendo recomendado no PPG-CT o tempo de 36 meses. Da mesma forma que o Mestrado, uma prorrogação especial de até 6 meses poderá ser concedida.

 

Bolsas

O Programa de Pós-Graduação em Cirurgia Translacional recebe anualmente uma cota de bolsas da CAPES e do CNPq, mestrado e doutorado, que é distribuída pela CEPG aos alunos regularmente matriculados no programa, com base em critérios de seleção de alunos bolsistas pré-definidos:

CRITÉRIOS DE SELEÇÃO PARA DISTRIBUIÇÃO DE BOLSAS DE PESQUISA (MESTRADO E DOUTORADO) A ALUNOS MATRICULADOS NO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIRURGIA TRANSLACIONAL UNIFESP

1. Acesso aos alunos matriculados

2. Requisitos mínimos apresentados pelos alunos candidatos às bolsas, em havendo necessidade de classificação ou desempate:

  • Estar matriculado no PPG-CT,

  • Não possuir vínculo empregatício, conforme diretrizes da CAPES, CNPq e FAPESP

  • Estar em dia com suas obrigações no PPG-CT (assiduidade, dedicação ao PPG, cumprimento do cronograma, produtividade – corresponderá a 10% da pontuação total)

  • Carta declaração da disponibilidade e dedicação integral ao programa

  • Projeto de tese e dos trabalhos científicos em desenvolvimento

  • Curriculum Lattes (35% da pontuação total) preenchido e atualizado (Pontuação: Publicação revista FI>3 ou patente = 5 pontos; Publicação revista FI>1,5 ou patente = 3 pontos; Publ. PubMed = 1 ponto; Public. Nacional = 0,25 ponto).

    3. Prova Oral da Linha de Pesquisa do projeto apresentado (35% da pontuação total) + Entrevista, com docentes do PPG- CT (10% da pontuação total) + prova oral de proficiência em inglês (10% da pontuação total)

    4. As provas serão públicas e terão as notas justificadas, sendo permitido o acesso do candidato às mesmas.

    5. Avaliação pelos docentes membros da CEPG do PPG-CT, objetiva e imparcial (por docentes não ligados ao aluno, ou tipo cego, sem nome de aluno para identificação).

6. Direito de solicitação de revisão da avaliação e análise por banca de docentes não participantes da avaliação inicial + avaliação final do coordenador.

7. Reavaliação dos alunos bolsistas (por solicitação de qualquer um de seus 3 orientadores ou do coordenador do programa; e, de acordo com o andamento de suas atividades).

 

Trancamento, Desligamento e Cancelamento de Matrícula

O Trancamento, Desligamento e Cancelamento de Matrícula é EXCEPCIONAL, um item que desmerece e muito um PPG, porque denota deficiência de seleção do aluno, deficiência dos orientadores e consequentemente do PPG. Esse tópico EXCEPCIONAL É DE TAL GRAVIDADE QUE É PREFERÍVEL UMA SELEÇÃO DO ALUNADO DE FORMA MAIS RIGOROSA. Os alunos podem, por razões pessoais, solicitar o trancamento de sua matrícula. Este tem a duração máxima de 12 meses e só pode ser solicitado se o aluno ainda não tiver completado 2/3 do período máximo permitido para o seu nível, isto é, 16 meses para Mestrado e 32 meses para o Doutorado. Caso o aluno decida reingressar em algum Programa de Pós-Graduação da UNIFESP, a revalidação dos créditos anteriormente obtidos fica a critério da CEPG, QUE CERTAMENTE IRÁ AVALIAR COM MUITA CAUTELA. O intervalo entre o cancelamento e a nova matrícula deve ser de, no mínimo, 12 (doze) meses.

 

Créditos

De acordo com o estatuto, para obtenção do título de Mestre são necessários 25 créditos em disciplinas e apresentação dos resultados experimentais ou clínicos originais sob a forma de dissertação. No PPG-CT existe defesa oral para o mestrado.

Já para obtenção do título de doutor, são necessários 40 créditos em disciplinas, além da elaboração e defesa pública da Tese.

Os créditos podem ser obtidos através de Disciplinas, Seminários, Reuniões Científicas, Atividades Didático- Profissionais. O coordenador do PPG-CT junto dos Orientadores estabelece as tarefas do aluno, no sentido de auxiliá-lo na melhor maneira de obter seus créditos, garantindo assim uma formação adequada e compatível com o Título desejado. Existem disciplinas obrigatórias e optativas que devem ser cumpridas. As disciplinas obrigatórias do PPG-CT são Didática e Ética, sendo ministradas para toda Instituição respectivamente pelo CEDESS e pelo Departamento de Cirurgia.

Parte dos créditos (30%) pode ser obtido em disciplinas cursadas em outras Instituições de Ensino Superior ou outros programas dentro da UNIFESP, desde que aprovadas pelo orientador, pelo coordenador e pela CEPG.

É importante salientar que de acordo com as normas vigentes estabelecidas pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa, o aluno só receberá o certificado, após a homologação da dissertação ou da tese pela CPG, com correção final e submissão do arquivo final no Repositório UNIFESP, e entrega de trabalho publicado ou aceito para publicação em revista indexada no ISI, onde o estudante figure como autor principal.

 

Língua Estrangeira

Para o Mestrado, o Inglês é a língua obrigatória. A suficiência em Inglês é avaliada através de uma prova na Cultura Inglesa e outras instituições. As datas da inscrição e da prova são amplamente divulgadas pela Pró-Reitoria de Pós-Graduação e Pesquisa. Os documentos necessários para inscrição são: cédula de identidade (R.G.) e o Crachá.

Para o Doutorado, o aluno deve apresentar, além do Inglês, proficiência em uma segunda língua, de sua escolha. Os certificados de língua estrangeira só serão aceitos quando acompanhados do acordo do Orientador.

 

Pré-Defesa (Mestrado e Doutorado)

O objetivo do exame de pré-defesa é avaliar e auxiliar o detalhamento do estudo e a formação do aluno, de maneira compatível com o nível do programa e o nível de titulação almejada. O exame será realizado a qualquer momento. Realizado em forma de seminário público com duração de 2 horas, sendo composto de aula de 20 minutos no Mestrado e entre 20 a 30 minutos no Doutorado. A comissão julgadora será composta de 3 membros pertencentes ao PPG-CT a ser indicada pelo orientador do estudo em conjunto com a CEPG, e deve ser presidida pelo co-orientador do estudo. No mestrado, a banca será composta por alunos de Doutorado com maior tempo e conhecimento no tema da tese. No Doutorado, a banca será composta por co-orientadores do programa. Existirá a formalidade de uma defesa de tese, com a emissão de um parecer final da banca, que será encaminhado ao orientador, ao coordenador e será arquivado no prontuário do aluno.

As outras apresentações serão realizadas durante as apresentações dos projetos e estudos em andamento nas reuniões do PPG-CT.

 

Defesa

O formato da versão impressa deve seguir o livro: a “Orientação normativa para elaboração e apresentação de teses” do PPG- CT.

O formato da aula deve seguir as normas delineadas no PPG- CT, sendo as mesmas corrigidas constantemente durante as apresentações das aulas do projeto e tese em andamento durante as reuniões do PPG-CT.

O aluno NÃO PODERÁ TER CONTATO OU ENTREGAR A TESE PESSOALMENTE AOS MEMBROS DA BANCA.

Durante a defesa, o candidato pode oferecer água para os membros da banca. A maioria dos anfiteatros não permite a entrada de comida, e a presença de mesa com água, café e alimentos na sala pode determinar a desatenção dos presentes, que devem focar nas apresentações para aprendizado e avaliação crítica posterior.

O presidente da banca deverá marcar o tempo de duração da aula, início e término, e a duração da arguição de cada membro da banca e da resposta do aluno, sempre com no máximo 30 minutos para cada.

É recomendável a presença dos co-orientadores da tese.

Presença de todos os docentes, colaboradores, alunos de pós- graduação sensu lato e sensu strito nos concursos.

Pontuação do corpo docente e discente quanto à presença aos concursos e defesas.

Presença obrigatória de todos os alunos matriculados do Programa de Pós-graduação em Cirurgia Translacional nos concursos e defesas de tese. As faltas deverão ter Justificativa que serão avaliadas e repostas com tarefa dentro da temática da PG sensu strito.

Relatório das defesas assistidas é óbrigatório, pois sem a presença às defesas e sem o relatório o aluno não estará apto a defender sua tese.

O aluno matriculado deve ter assistido e arquivado pelo menos 3 avaliações críticas das teses assistidas aprovadas pela CEPG, para Mestrado e 6 para Doutorado.

Realizar a avaliação crítica da defesa de tese (pontos positivos e negativos da apresentação, das defesas, do conteúdo, e não somente o relato do que ocorreu durante a defesa) e enviar para a CEPG no máximo em 48hs após a defesa assistida.

Presença de 2 laptops e 2 data shows na sala de defesa.

Obrigatória a correção por professor de Portugues e Ingles da tese.

É recomendável a citação na tese e na aula, das teses e dos artigos publicados da Cirurgia Translacional UNIFESP/EPM, mostrando conhecer o histórico do assunto de sua tese, relacionadas à linha de pesquisa ou área de concentração do PPG-CT.

 

CRITÉRIOS PARA PLEITEAR DOUTORADO DIRETO - PPG CIRURGIA TRANSLACIONAL

OPÇÃO 1: Doutorado Sanduíche

OPÇÃO 2:

  • Ter feito PIBIC com conclusão do projeto e ter apresentado ou publicado o mesmo (desejável, porém não obrigatório).

  • Ter 2 publicações internacionais (qualis ≥ B2) ou ter uma publicação qualis A (A1ou A2) na linha do projeto atual, durante o período matriculado como mestrado (obrigatório).

  • Mérito do estudo e do projeto das atividades que realizará enquanto aluno de doutorado caso seja aprovado (avaliado pela comissão de avaliação de matricula).

  • Anuência dos orientadores (obrigatório).

  • Estar matriculado no mestrado.

  • Captação de recurso aprovada para o projeto atual.

  • Aprovados nos quesitos anteriores serão submetidos a entrevista pela CEPG

     

 

COORDENAÇÃO DO PPG-CT E COMISSÃO DE ENSINO DO PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM CIRURGIA TRANSLACIONAL DA UNIFESP
 

© 2013 - 2022 Universidade Federal de São Paulo - Unifesp

Campus São Paulo - Ed. Octávio de Carvalho - Rua Botucatu, 740 - 2º andar - Vila Clementino, São Paulo - SP - ppg.plastica@unifesp.br